RENOVAÇÃO DO EDIFÍCIO EMPIRE STATE

Um dos marcos da Arquitetura Art-Déco do último século e expoente da “corrida aos céus” empreendida nos anos 30 em Nova York, o Empire State Building também surfará na onda verde… O arranha-céu passará por um processo de retrofit visando o aumento de sua eficiência energética. O anúncio foi feito hoje pelo prefeito Michael Bloomberg e o ex-presidente Bill Clinton, prevendo que o modelo adotado sirva de exemplo a outros prédios históricos na cidade. O grupo atualmente responsável pelo prédio, Wien and Malkin, investirão 20 milhões de dólares, dentro de um total previsto de meio bilhão de dólares, para que o prédio reduza suas emissões de carbono em 105.000 ton/ano e o consumo de energia baixe 38%. O plano global de investimentos tem o endosso da Fundação Bill Clinton, que dá nome a um programa ambiental desenvolvido em quarenta das maiores cidades do mundo.

Adequando-se ao atual cenário econômico recessivo americano, este anúncio visa atrair novos inquilinos para o prédio de 102 andares e cerca de 241.550m2. Muito maior que qualquer preocupação ambiental, certamente o que move o ambicioso plano é o aquecimento da economia local. É provável que esta inicitiva faça parte da meta estabelecida pelo atual prefeito de que a cidade atraia 50 milhões de turistas ao ano até 2012 (meta antecipada de 2015).

Empire State Building – Lightning Partner

Até sua conclusão, em 2013, todas as 6.500 janelas de suas fachadas receberão uma camada extra de isolamento contendo uma película interposta aos vidros duplos, bem como radiadores de calor. Todo o atual sistema de refrigeração em sua base será trocado por equipamentos mais eficientes, e ocorrerá o monitoramento individualizado de sala por sala das emissões de gases.

empire-state-movies1

Cenário de inúmeros filmes desde a sua inauguração, como King Kong (1933), Tarde Demais para Esquecer (An Affair to Remember – 1957) ou Kramer vs. Kramer (1979), a iniciativa visa colocar novamente o prédio no topo do mundo cosmopolita.