CINEMA A PEDAL

Imagem © Martin Waters em cortesia ao FACT Blog

Imagem © Martin Waters em cortesia ao FACT Blog

Uma coletividade de artistas, músicos, designers, ecologistas e engenheiros – The Magnificent Revolution, criaram uma forma interessante de manifestar seu repúdio e inconformismo no uso da geração de energia por meio de combustíveis fósseis: o cinema a pedal! Pelo menos dez bicicletas alinhadas de frente para a projeção geram uma força de 600W capaz de acionar o sistema de áudio-visual. Claro que para alguém como eu que é do tipo “cinéfilo-sedentário-devorador-de-bibs”, de revolucionário mesmo está a atitude consciente e a manifestação limpa e coerente com as preocupações discutidas por aquele grupo. Quer ver como funciona? Veja o vídeo no YouTube e se divirta!

Quem tiver curiosidade e a oportunidade de conhecer in loco, o cinema do FACT Picturehouse (Galeria da Fundação para Arte e Tecnologias Criativas, em inglês) fica na 88 Wood Street, Liverpool, L14DQ [fone +44 0151 7074444]. Esta é uma organização líder na Grã-Bretanha no comissionamento e apresentação de filmes, vídeos e novas mídias de arte.

Imagem da audiência e, ao lado, excerto do filme.

Imagem da audiência e, ao lado, excerto do filme.

Na verdade, o sistema desenvolvido lembra muito aquele mostrado no filme “Les Triplettes de Belleville”, onde o ciclista protagonista da história é sequestrado por mafiosos e obrigado a pedalar junto a dois oponentes uma Volta da França virtual, enquanto pessoas dos mais diversos gêneros faziam apostas para ver quem seria o vencedor…

DIA MUNDIAL DE LIMPEZA DE RIOS E PRAIAS

logo-dmlrp-post

No sábado, dia 19 de setembro, acontece o 24º Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias (Internacional Coastal Cleanup). Esta data foi criada em 1986 pelo The Ocean Conservancy com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre os graves problemas criados pelo uso do mar como depósito de lixo.

“O lixo que é derramado em nossas praias e sufoca nossos ecossistemas, torna-se uma ameaça à vida selvagem, as nossas economias costeiras e, finalmente, a capacidade do oceano para nos sustentar”, diz Vikki Spruill, Presidente e CEO do Ocean Conservancy. “A limpeza dá a todos a oportunidade de trabalhar em seus quintais e fazer parte deste movimento especial para proteger os nossos oceanos. Lixo não cai do céu, cai de nossas mãos, e o que cai das mãos humanas pode ser evitado”, completa ele.

O evento acontece no Brasil de 1993, tendo como principal apoiador a Coca-Cola, que auxilia na promoção desde a primeira edição. Para este ano, a expectativa é que mais de 13 mil voluntários participem da limpeza de mais de 400km lineares de praias, rios, lagos e lagoas.

No ano de 2008, o evento contou com a participação de 390.881 voluntários em 100 países, que recolheram 3.400 ton de lixo (8,698kg/pessoa). No Brasil, 11.731 pessoas recolheram 56 ton de lixo (4,774kg/pessoa).

Ou somos menos eficientes na coleta, ou temos menos lixo derramado por aí… O que você acha? Obviamente, este dia não serve apenas para “catar lixo” que é jogado à esmo. A campanha serve também para divulgar o consumo consciente que todos devemos praticar.

CC Trolley por Macie Klew

Imagem CC Trolley por Macie Klew